O maior portal vegano do brasil • No ar desde 2007.
Facebook Twitter Android LinkedIn Flickr
Loja Vista-se Clube Vista-se
17/08/2011 às 10:46 – 276 visualizações

Entrevista: Vegan Black Metal Chef, a “Palmirinha das Trevas”

Fabio Chaves
Do Vista-se
Entrevista exclusiva com Brian Manowitz, jovem norte-americano que criou o personagem “Vegan Black Metal Chef”, um cozinheiro vegano bem peculiar que, aqui no ViSta-se, apelidamos de “A Palmirinha das Trevas”. Em seus vídeos, Brian, que é fã declarado de Black Metal, aparece cozinhando com armaduras e outros acessórios medievais. Toda a receita é passada em forma de música pesada. É um belo trabalho que rendeu a Brian milhões de acessos no Youtube e ele vem, asssim, incluenciando muita gente a conhecer a culinária vegana. É divertido, é criativo e tem receitas realmente bacanas. Acompanhe o papo que batemos com ele.
.
Oi Brian,
Muito obrigado por falar com os leitores do ViSta-se. Para você conhecer melhor: “ViSta-se” quer dizer “dress yourself” (of information). A ideia é “vestir” as pessoas com informações sobre veganismo e direitos animais para que elas não andem peladas por aí falando bobagem sobre o assunto. Tecnicamente, o ViSta-se é um site misturado com uma rede social, um blog e projetos que saem da tela também. É bem conhecido entre os vegetarianos e veganos do Brasil.
.
ViSta-se: Brian, como você se envolveu com o veganismo e há quanto tempo isso ocorreu?
Brian: Sou vegano há cerca de 11 anos. Tudo começou na escola com uma namorada que se tornou vegetariana
durante nosso relacionamento. Eu disse que achava que era o caminho certo a seguir, mas eu não estava pronto para isso ainda. Então, em meu primeiro
ano de faculdade eu me perguntei “eu estou com medo de quê?” não aconteceu nada com ela, ela não morreu nem nada, e com isso
eu me tornei vegetariano. Fui a uma reunião do grupo dos direitos dos animais no campus, vi alguns vídeos e me tornei vegano.
.
V: Quando citamos você no artigo anterior (http://migre.me/51Ayj), o apelidamos de “A Palmirinha das Trevas” (The Palmirinha from darkness). Palmirinha é uma senhorinha fofa que ensina receitas há muitos anos na TV Brasileira. Olha a foto dela: http://migre.me/51AsU. Quando você decidiu fazer o primeiro vídeo, já imaginou que seria uma coisa cômica?
B: Alguém precisa “photoshopar” uns sangues em cima dela! O aspecto cômico é apenas uma parte da minha natureza.
.
V: Onde você compra as roupas do personagem e de que material elas são feitas? Em um dos maiores portais de notícias do Brasil, o UOL, disseram que você usa roupas de couro. (link http://migre.me/51AHA)
B: Aqui ou em qualquer lugar do mundo as notícias só chegam 85% certas – na melhor das hipóteses. Se eles tivessem lido a legenda youtube no primeiro vídeo, ou a minha primeira postagem no blog, teriam visto que a armadura eu uso é de borracha. Eu não uso produtos de couro. Todas as armaduras são de borracha e são feitas sob encomenda.
.
V: Quanto tempo você demorou para criar, produzir e finalizar o primeiro vídeo?
B: Duas semanas e meia. E algum tempo de design depois disso.
.
V: Você pretende brincar com outros estilos de música nas suas produções?
B: Um “jazzinho” leve canibal, talvez.
.
V: Você mora sozinho, com os pais ou é casado? Tem filhos? O que as pessoas próximas a você pensam de tudo isso?
B: Eu vivo sozinho. Sem filhos. Existo no meu próprio mundo louco.
.
V: Você já recebeu alguma ameaça ou algum tipo de hostilização de algum grupo religioso?
B: Uma vez me escreveram um monte de e-mails religiosos. Levei cerca de um minuto para macar tudo como spam e nunca mais os vi.
.
V: Para suas próximas receitas, você poderia considerar fazer um prato típico brasileiro como a Feijoada Vegana? (Receita: http://migre.me/51BdB)
B: Preciso olhar essa porra, parece a coisa menos vegana do mundo!
.
V: O clima pesado e ao mesmo tempo cômico do seu priemrio vídeo alcançou mais de 1 milhão de visualizações no Youtube. Nós do ViSta-se acreditamos que divulgar o veganismo com bom humor é uma forma excelente de apresnetar essa filosofia às pessoas. Fica claro em seu site (http://veganblackmetalchef.com/) que você está empanhado em divulgar o veganismo. Você resolveu fazer o primeiro vídeo para divulgar o veganismo ou o que você queria era simplesmente fazer algo diferente e o fato da receita ser vegana foi só uma consequência?
B: Meu foco principal com os vídeos é apenas mostrar às pessoas como fazer uma comida incrível com uma música incrível e fazer disso algo divertido de assistir. Nos meus escritos eu tento manter algum humor ao ser mais informativo sobre o veganismo em geral.
.
Muito obrigado por seu tempo Brian. Se puder, escreva uma frase em português num papel e tire uma foto para ilustrar a matéria. “Olá pessoal do Brasil, sejam veganos e não andem pelados por aí. ViSta-se!”.

Publicidade:

Compartilhe:FacebookTwitterGoogle+tumblrEmail